Notícias

Estrelas CCA – Ricardo Silva, o Tubarão

Quinze dias após a primeira rúbrica ”Estrelas CCA”, dedicada ao ponta de lança Paulo Caetano, e que fez enorme sucesso junto dos nossos seguidores, é vez, de nesta segunda rúbrica, homenagear um outro ponta de lança, que apesar da curta passagem pelo Clube Caçadores de Ansião, foi um jogador-chave e que deixou saudades na equipa ansianense: Ricardo Silva.

Como, e através de quem chegaste ao Clube Caçadores de Ansião na época de 99/00 ?

Cheguei ao Ansião através de muitos amigos meus, ex-júniores do S.C. Pombal. Cheguei em Dezembro de 1999, pois entrei na faculdade e optei por seguir os estudos porque nesse ano o S.C. Pombal estava na extinta 2ª divisão B e não tinha possibilidade de conciliar os estudos com o futebol.

Quando chegaste ao clube eras um jovem, no seu primeiro ano de sénior, sentiste alguma dificuldade de adaptação ?

Apesar de vir da 2ª divisão B, adaptei me bem porque fui super bem tratado e como muitos eram ex-colegas meus de camadas jovens não se tornou difícil.

Ainda te lembras de quantos golos marcaste nas duas épocas ?

Na primeira época (99/00), na divisão de honra marquei 19 golos em apenas metade dessa época. Na segunda época também na divisão de honra marquei 29. Foi um record e o primeiro de 5 anos seguidos com essa marca de melhor marcador da Divisão de Honra.

Qual ou quais os momentos que te marcaram no C.C.A. ?

Não posso salientar nenhum momento especial. Todos foram únicos ,a serem vividos e presenciados.

Qual poderás dizer que terá sido o jogador com quem te cruzaste nesses dois anos que mais te marcou ?

Sem dúvida o capitão Jorge Fazenda. Uma pessoa que me ajudou e dava tudo pelo Clube Caçadores de Ansião. Apesar de existirem outros mas dentro do campo ele era fera. Mesmo nos treinos… Coitados de nós (risos)…

Mesmo estando longe, hoje em dia, continuas a seguir o Clube Caçadores de Ansião ?

Sim… Desde que vim para a Suiça sigo sempre o C.C.A., aproveitando as notícias que vão saindo na internet.

Leave a Reply