Notícias

Futsal: Barreiros 2×1 Ansião

Duas notas prévias em relação à exibição da equipa do Ansião.
Primeira: Obrigou o Barreiros a fazer uma das suas piores exibições. Foi inclusive o jogo com menos golos marcados por parte do Barreiros.
Segunda: Quando a maior parte dos jogadores do Ansião conseguir jogar a 4 toques e Atenção que nem é preciso pedir que joguem a 2, esta equipa saltará seguramente para um outro patamar.
Posto isto, e quanto à análise do jogo, foi como referido atrás, talvez o pior jogo do Barreiros até à data. Saiu da sua zona de conforto. E verdade seja dita, teve momentos no jogo que em outras alturas teria facilmente sido traduzido em golos. Mas, para quem quer chegar ao fim em primeiro, mais importante do que jogar sempre bem, é, sem qualquer dúvida pontuar. E de preferência pontuar mais do que os mais directos adversários. E isso aconteceu (ali bem perto com a vitória das Chãs sobre o União). Não interessa que tenha sido numa cobrança de 6ª falta ao minuto 25 por intermédio de Diogo. Podia até ter sido no último segundo.É assim que se conquistam campeonatos. Falemos agora um pouco do jogo em si. Bem disputado, com oportunidades a surgirem de parte a parte, mas com o marcador a mexer apenas aos 21 min. Golo para a equipa da casa num aproveitamento de um erro ofensivo do Ansião, a dar origem a uma jogada 2×1. O golo do empate surgiu 5 min depois, num erro atípico deste Barreiros, Antas pressiona adversário que trocava bola com colega dentro da área, rouba a bola e marca, trazendo um pouco de justiça ao marcador, tendo em conta a produção de ambas as equipas. Chega o intervalo. A segunda parte começa como a primeira, com as equipas empatadas. Contudo o Ansião volta melhor do que na primeira parte. Chega a ser dominante, mas a primeira ocasião clara de golo pertence aos da casa, com Mica( redes do Ansião) a ter uma intervenção fantástica. Mas foi preciso esperar até ao minuto 25m para se assistir ao único golo da segunda parte. Lance faltoso vislumbrado pela equipa de arbitragem e que grande burburinho criou nos visitantes. Diogo assumiu a responsabilidade dos 3 pontos e levou-os para casa. Ansião ainda monta o 5×4, criou oportunidades, mas não evitou a derrota. Para primeira época como equipa fazer este resultado na casa do líder, tem obrigatoriamente de servir para se acreditar no trabalho que está a ser realizado quer pelos jogadores, quer pela equipa técnica , mais concretamente na pessoa do André Fernandes Costa. Barreiros sofreu, mas tornou-se mais líder.

Fonte: RMendes FutsalNews Mendes

Leave a Reply